quarta-feira, 31 de março de 2010

Zíper

A mala ainda estava aberta
Deveria fechá-la e acabar com a espera?
Talvez esvaziá-la de novo...
E esquecer mais uma vez
As brigas, embora banais
A mala aguardava uma sentença
Um sinal
Uma conversa
Uma explicação
Um pedido de desculpas...
Sair de casa àquela hora seria loucura
O impulso
E agora suas coisas estavam ali
Jogadas...
Roupas amassadas
A sandália de couro escondida no canto
A calça jeans da liquidação
Blusas
Um batom
São restos
Viram lembranças
Pra onde ir?
Por onde começar?
O que a aguardava fora daquela casa?
Seguir
Para encarar a vida
Seria preciso muito mais que roupas e sapatos