quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Campanha pela eleição

Querem uma eleição limpa. Transparente. O voto é um segredo valioso. Não o venda. A propaganda te pede para não trocar a educação por uma pilha de tijolos. O eleitor cego, surdo e mudo, está diante de novas mídias. O apelo vem por todo lado.

O país do "Voto de Cabresto" agora quer ética. Ficha limpa, será que dá-se um jeito? É só um jeitinho brasileiro. Uma troca de favores. Voto nele se quiser ter um emprego. Ou mantê-lo.  Para não mudar nada...

As mudanças podem ser positivas. Trocar de lado. Se os políticos também podem, pode-se trocar de políticos. Experimente. Troque de partido. Quem sabe seja preciso mudar a própria eleição. A forma de fazer política, de fazer políticos. Meio ambiente, saúde. E a outra, o que oferece?

Dinheiro, muito dinheiro. Já pensou quanto custa candidatar-se? Vale? Os benefícios compensam. Auxílios... Será que alguém que não gasta para morar nem comer conhece mesmo suas preocupações? Necessidades de um país que não tem muita coisa a fazer para mudar a situação.
É preciso começar, e o primeiro passo sempre é o voto