quarta-feira, 23 de março de 2011

O próximo passo

Dei mais um passo
Para onde ainda não sei.
Mas é melhor que ficar parado
Esperando
Imaginando
Agora, vida real.
E eu apegada ao que ficou
Lá trás
Lá longe
Não é a primeira vez
Mas é diferente, maior.
Mais solidão e isolamento
Mas muito mais sonhos
Agora de perto
Ainda mais pressa
De me chegar o futuro
O nosso futuro
Incondicionalmente dois.
O próximo passo
Crescer, já e hora.
E sozinha, agora
Lembro e imagino
Tudo ainda no campo das ideias
E enquanto ele não vem
Eu morro de pressa

Um comentário:

  1. Parceira linda, parabéns pelo poema. Lindo, intenso, relatando o dinamismo da vida, das emoções que essa nossa pressa provoca. Parabéns, você arrasa sempre, mineirinha.

    by, Jé Alves.

    ResponderExcluir