quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Snow Patrol em São Paulo - Turnê Fallen Empires


Presenciei ontem uma experiência única: assisti ao show da banda norte-irlandesa Snow Patrol, conhecida mundialmente pelo tocante hit Open Your Eyes. A oportunidade tornou-se singular pelas condições em que aconteceu...

Ganhei dois ingressos em um concurso cultural de frases promovido pela revista Rolling Stone Brasil. Sob o desafio de explicar e apontar qual música eu mais esperava ouvir, eu criei a frase abaixo:



Fiquei muito feliz com o resultado, pois realmente queria curtir ao vivo essa canção que tanto faz sentido para mim. Conheci Snow Patrol em 2008, com o disco Eyes Open. Na época, presenteei Danilo (que ainda era somente um amigo muito chegado) com uma cópia do álbum e escrevi a letra da “minha” música em uma carta para ele, pois passava por uma fase de escuridão e necessitava abrir os olhos para a vida.

Ele abriu, me viu e agora, como um casal, prestigiamos a apresentação da banda no Credicard Hall. Gary Lightbody e seus companheiros subiram ao palco ao som de Hands Open, seguida de Take Back The City, duas das mais agitadas do repertório, que incluiu ainda canções do novo álbum, Fallen Empires, e sucessos como: Run, Chasing Cars e You Could Be Happy. Do disco novo, destaco a dançante faixa homônima, o hit Called Out In The Dark e a romântica Garden Rules – que até então não havia sido tocada na América do Sul.




Para muitos críticos musicais entendidos do assunto, o show foi considerado morno. Outros críticos nem tão entendidos consideram a banda toda morna. O simpático vocalista até chegou a aconselhar um homem a se acalmar, sugerindo que ele estava no show errado. Não tenho propriedade para julgar estilos musicais e termos como rock, pop e indie. Mas, o concerto atendeu a todas as minhas expectativas: uma bela voz, uma banda em harmonia, letras com muito sentimento e visão politizada da realidade atual, além de uma projeção técnica que foi um show à parte. Estes atributos, somados à boa companhia, tornaram o dia 10/10 inesquecível. Valeu, Rolling Stone!

Nenhum comentário:

Postar um comentário